`Grécia acredita que Brexit reforça defesa de devolução de peças do Parthenon

Europa

Grécia acredita que Brexit reforça defesa de devolução de peças do Parthenon

Fevereiro 4, 2020
Pia Koh

Notícias recentes

Na semana passada, durante um evento em Atenas sobre a reunificação dos mármores do Parthenon, a ministra da Cultura da Grécia, Lina Mendoni, anunciou que o país intensificaria seus esforços para devolver as peças do Parthenon ao seu lar original.

Veja mais: A oliveira sagrada de Platão desapareceu

Frontões das estátuas colossais, originárias de 437 a 432 aC, estão atualmente em exibição no Museu Britânico, onde são objeto de disputa há mais de trinta anos.

Visto que o Reino Unido não é mais um membro da UE e a Grécia está em um caminho de crescimento financeiro e cultural, Mendoni diz que "as condições certas foram criadas para seu retorno permanente ".

O frontão oeste, em particular, é significativo para a Grécia, não apenas pela representação dos deuses e deusas que compõem sua história mitológica, mas também pela referência à primeira oliveira que se levantou do chão.

Notícias relacionadas