`Cientistas espanhóis premiados por pesquisa sobre cultivo de azeitona - Olive Oil Times

Cientistas espanhóis premiados pela pesquisa sobre o cultivo de oliva

Outubro 30, 2014
Iván L. Gimeno

Notícias recentes

Mercedes Campos e Mario Porcel receberam o prêmio € 5,000 no segundo Prêmio de Pesquisa Científica em Azeitonas e Azeites. (Foto: Europa Press)

Os resultados do segundo Prémio Investigação Científica da Azeitona e do Azeite, promovido pela Fundação Caja Rural de Jaén, foram divulgados durante uma conferência na capital andaluza. Os investigadores científicos espanhóis Mercedes Campos e Mario Porcel receberam o prémio de 5,000 €.

Geolit, o parque tecnológico e científico de Jaén, localizado em Mengíbar, foi o local do evento, cujo júri decidiu eleger a pesquisa "Estudo Bioecológico da Família Chrysopidae em Olivais: uma Perspectiva de Conservação e Crescimento Populacional ”, escrito por ambos os cientistas como a escolha vencedora.

O segundo prêmio foi concedido ao trabalho de três jovens cientistas espanhóis, Javier Sanz, Manuel David García e Manuel Barneo por seus estudos "Jaén´s Mountain Oliva Oil: Quality and Value Chain ”, premiado com € 2,000. Por fim, o júri também decidiu dar uma menção especial à pesquisa "Prospectiva, Estudo e Avaliação dos Musgos como Cobertura Vegetal nos Campos Petrolíferos de Oliva em Jaén ”, escrita pela equipa composta por Susana Rams, Milagros Saavedra e Cristina Alcántara.

Esta é a segunda edição dos prémios, que são reconhecidos na indústria espanhola do azeite. É promovido pela Fundação Caja Rural de Jaén para reconhecer os estudos de investigadores que estão a contribuir para o avanço do conhecimento científico relacionado com a azeitona. Inclui aspectos como a forma como o processo de elaboração do azeite contribui para a melhoria social, económica e ambiental do país

Aspectos como a qualidade e a adaptação da metodologia na pesquisa para obter resultados válidos, sua relevância para as pessoas e sua utilidade foram fundamentais para selecionar os vencedores. O júri foi presidido por Manuel Parras (reitor da Universidade de Jaén) e incluiu Francisco Molina (secretário da Fundação Caja Rural de Jaén), Mercedes Fernández (chefe das unidades técnicas e químicas e de normalização do Conselho Oleícola Internacional), Gabriel Beltrán (encarregado do departamento de pesquisa do IFAPA) e Carlos Piniña (representante do Colégio Andaluz de Engenheiros Agrônomos).

Uma conferência com o título "Grupo Azeite e Sovena de Jaén: Liderando o Presente e Construindo o Futuro ”, também foi realizado no evento por Luis Folqué.


Anúncios

Notícias relacionadas

Feedback / sugestões