` Yancanelo da Argentina ganha nova linha de engarrafamento - Olive Oil Times

Yancanelo, da Argentina, recebe nova linha de engarrafamento

Jul. 5, 2011
Charlie Higgins

Notícias recentes

Yancanelo, um grande produtor de azeite de oliva extra virgem na providência de Mendoza, na Argentina, anunciou que vai investir 500,000 pesos ($ 121,833) em uma nova linha de engarrafamento em sua fábrica em San Rafael. Com esta mudança, a empresa triplica a sua capacidade de engarrafamento e garante o seu lugar como a maior engarrafadora de azeite do país.

Fundada em 1943, Yancanelo foi a primeira fábrica de azeite da região e produz mais azeite virgem extra na Argentina há mais de 60 anos. A Yancanelo exporta seus produtos para fornecedores na Itália, Venezuela, Brasil e Estados Unidos. Atualmente, a empresa oferece dois azeites virgens extra: Yancanelo Tradicional e Yancanelo Sinolea Method.

Yancanelo também opera um museu do azeite e oferece passeios por sua fábrica durante todo o ano. O museu oferece aos visitantes a oportunidade de aprender sobre os métodos tradicionais de produção de azeite, ver máquinas antigas e desfrutar de um almoço gourmet com diferentes azeites e outros produtos regionais.

Com aproximadamente 30,000 visitantes por ano, a fábrica de Yancanelo é a mais visitada da Argentina. A planta está equipada com uma dúzia de tanques de armazenamento de aço inoxidável de 500 toneladas, um laboratório de controle de qualidade de alta tecnologia e agora uma linha de engarrafamento de última geração que pode bombear 5,000 kg de azeite por hora.

"Este é um investimento importante para Yancanelo. Permite-nos aumentar a nossa capacidade e responder à procura do mercado, tanto por produtos próprios como de terceiros ”, afirmou Gian Franco Andreani, responsável da holding da Yancanelo, Grupo Agroindustrial Andreani. O grupo também possui Meridiano (conservas, picles e compotas), Umbro (vinho) e cerca de 2,470 hectares de olivais em Mendoza.

A qualidade é importante.
Encontre os melhores azeites do mundo perto de você.

"Esse investimento nos permitirá gerenciar o boom de vendas e expandir a diversidade de nossa produção. Na Argentina, menos de 50% do azeite é engarrafado na fonte, ao contrário do vinho, que é 100% engarrafado na fonte. Esperamos que a situação mude e os benefícios do setor, resultando em produtos de maior qualidade para os mercados doméstico e internacional ”, acrescentou Andreani.

Notícias relacionadas

Feedback / sugestões