`O inverno severo danifica as plantações de oliva de San Juan - Olive Oil Times

O inverno severo danifica as plantações de oliveiras de San Juan

Agosto 18, 2010
Daniel Williams

Notícias recentes

O clima frio em San Juan, Argentina, nas últimas semanas é semelhante ao de 2007 - um ano em que dezenas de olivais, quase 70% do total da província, foram perdidos devido à queda na temperatura. Os empresários do azeite já fizeram as primeiras previsões e estão pessimistas para dizer o mínimo. As oliveiras das zonas orientais da província já apresentam sinais de degradação, pois as geadas costumam matar os botões de flores e os próprios frutos. Como resultado, os produtores argentinos com plantas jovens têm maior probabilidade de enfrentar perdas terríveis neste inverno.

De acordo com o Instituto Nacional de Tecnologia Agrícola da Argentina (INTA), as horas de inverno deste ano (abaixo de 7 graus Celsius / 44.6 graus Fahrenheit) estão previstas para chegar a cerca de 1042 horas - 3 horas a mais do que o total de horas de inverno em 2007. O mais prejudicial de essas horas, no entanto, são aquelas que apresentam temperaturas abaixo de zero, pois esse tipo de temperatura danificará gravemente as oliveiras expostas.

O presidente da Associação de Azeite de San Juan, Antonio Olivares, falou francamente dos medos dos produtores argentinos: "A situação que os olivicultores enfrentam neste momento é muito preocupante. Prevemos que nos próximos 20 dias seremos capazes de avaliar os danos causados ​​às pequenas plantas e em setembro, às outras plantas também, mas até agora tudo indica perdas severas. ”[1]

San Juan Argentina

Carlos Pasquet, um tradicional produtor de azeitonas da região de San Juan, explicou melhor essas preocupações: "Os problemas deste ano são semelhantes aos de 2007, um ano terrível, mas existem diferenças porque tivemos um nível de umidade muito alto e também um pouco de neve, o que deve amenizar alguns dos danos causados ​​às plantas. Infelizmente, tivemos plantas congeladas até a encruzilhada - onde o tronco se divide em galhos - e tivemos zonas onde as plantas agora são totalmente inúteis, o que tem sido um desastre para muitos dos meus colegas na região ”.

A província de San Juan possui 18,600 hectares de oliveiras, muitas da variedade Manzanilla, que infelizmente é muito sensível ao frio. Os restantes hectares são dedicados a outras variedades como a Arbequina ou o Changlot, um pouco mais resistentes ao frio. A temporada 2009/2010 viu reduções maciças nas colheitas de azeitonas e na produção de azeite, números que mostraram volumes de apenas 50 a 60 por cento em relação à campanha do ano anterior. Especialistas do setor dizem que, de certa forma, essas perdas beneficiaram os produtores, já que os preços dispararam. A questão agora, no entanto, é se a Argentina será capaz de atender a uma demanda cada vez maior em face das severas perdas deste inverno.

.

.

[1] Diario de Cuyo

Anúncios

Notícias relacionadas

Feedback / sugestões