`Jaén esperando pela chuva enquanto a colheita da azeitona se aproxima - Olive Oil Times

Jaén espera pela chuva enquanto a colheita da azeitona se aproxima

Outubro 11, 2011
Julie Butler

Notícias recentes

É outono em Jaén, o centro da produção mundial de azeite, mas o calor implacável e quatro meses sem chuva alimentou rumores de uma queda de 30 por cento na colheita da azeitona este ano.

De acordo com o Ideal.es, o início usual da colheita é iminente, mas o estado das azeitonas nas plantações alimentadas pela chuva - que formam a 60 por cento do setor - é preocupante.

É um período em que as lavouras precisam de umidade, o que não é problema para os cerca de 250,000 hectares com irrigação (seja legal ou ilegal), mas outros 306,000 hectares em Jaén dependem da chuva.

O biólogo Emilio Torres diz que o aparecimento das azeitonas é a melhor evidência do que está acontecendo. "As temperaturas são muito altas para esta época do ano e não há água, os dois fatores que mais influenciam a lipogênese, a fase em que a azeitona produz azeite, para que não ocorra da maneira ideal. ”

A situação atual também estava colocando problemas para os produtores de "azeites gourmet ”. Eles normalmente começaram a colher na segunda quinzena de outubro, mas em áreas como Martos estavam tendo problemas para localizar plantações com azeitonas adequadas, disse ele.

A EFE agência de notícias relatada a organização agrícola COAG disse que Córdoba e Sevilha também precisam de chuva. Se não caísse nos próximos dez dias, a produção regional poderia diminuir o 25 por cento no geral, tanto quanto o 30 por cento em Jaén e já era cerca de 20 por cento menor em Córdoba, disse o grupo comercial.

E as coisas estão piores na Catalunha, de acordo com o Unió de Pagesos, um sindicato de agricultores. A seca estava afetando severamente muitos condados e já havia causado a perda de metade da colheita esperada de azeitonas, um custo de 18 milhões de euros (US $ 24 milhões). A colheita das variedades de azeitonas Farga e Sevillenca foi quase totalmente cancelada, somando um prejuízo de 5 milhões de euros ($ 6.8 milhões), relatou Agrodigital.

Anúncios

Notícias relacionadas

Feedback / sugestões