`Produtor tunisino obtém empréstimo de US $ 26 milhões da IFC - Olive Oil Times

Produtor tunisiano recebe empréstimo com $ 26M da IFC

Jun. 26, 2015
Isabel Putinja

Notícias recentes

Um produtor de azeite de oliva na Tunísia recebeu um pacote de empréstimo de US $ 26 milhões da International Finance Corporation (IFC) com o objetivo de aumentar a produção de azeite e desenvolver as exportações.

O beneficiário do empréstimo é a Conditionnement des Huiles d'Olive (CHO), um importante produtor de azeite localizado em Sfax, uma cidade costeira na Tunísia central. A IFC é membro do Grupo Banco Mundial, que fornece financiamento e consultoria a projetos e empreendimentos do setor privado em países em desenvolvimento.

Espera-se que o pacote de empréstimos aumente a produção e as exportações, incentivando o desenvolvimento do setor de azeite do país e o perfil do azeite da Tunísia no exterior. "Graças a este empréstimo do IFC, podemos continuar nosso desenvolvimento e reforçar a imagem positiva do azeite tunisino nos mercados internacionais, o que terá um impacto importante no setor local como um todo ”, declarou Abdelaziz Makhloufi, CEO e fundador da CHO.

O pacote de empréstimo faz parte de um programa maior da IFC na Tunísia, no valor de US $ 62 milhões, que visa apoiar pequenas empresas, firmas de tecnologia e o setor agrícola para estimular o emprego, o crescimento econômico e a confiança dos investidores no país do Norte da África.

"A economia da Tunísia é cheia de potencial ”, afirmou Mouayed Makhlouf, diretor da IFC para o Oriente Médio e o norte da África. "A IFC está apoiando a realização desse potencial investindo em empresas promissoras como a CHO, incentivando a criação de empregos e fornecendo suporte para o crescimento. ”

Após a Revolução Tunisina no início do 2011, que desencadeou os levantes da Primavera Árabe em toda a região, a economia do país ficou instável e marcada pelo alto desemprego em algumas regiões.

O azeite representa atualmente 40% das exportações agrícolas do país e 10% do total das exportações. A Tunísia teve uma excelente colheita de azeitonas durante a safra passada, com um aumento de 400 por cento na produção, colocando em segundo lugar como o maior produtor de azeite depois da Espanha.



Anúncios

Notícias relacionadas

Feedback / sugestões