`O Conselho Oleícola procura um novo líder - Olive Oil Times

Conselho Olive procura um novo líder

Jul. 2, 2015
Isabel Putinja

Notícias recentes

O Conselho Oleícola Internacional (COI) anunciou hoje no seu site que iniciou a procura de um novo diretor executivo.

Setembro 30, 2015 foi anunciado como o prazo final para o envio de solicitações.

O diretor executivo atua como diretor administrativo do COI e é responsável por sua administração e gerenciamento diários. O atual diretor executivo é o francês Jean-Louis Barjol, que exerce esse cargo desde 1º de janeiro de 2011 e cujo contrato será encerrado em 31 de dezembro de 2015, completando o mandato de cinco anos.

Com sede em Madrid, o COI é uma organização intergovernamental que trabalha no domínio do azeite com o mandato de administrar o Acordo Internacional sobre Azeite e Azeitonas de Mesa assinado em 2005 sob os auspícios da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD ) A minuta do novo acordo para substituir o atual era endossado pelos membros em Madri no mês passado e servirá como base para as negociações em uma conferência da ONU em Genebra em outubro de 2015. O novo acordo deve entrar em vigor em 1 ° de janeiro de 2017 e expirar no final de 2026.

Barjol, chegou hoje no Japão, onde o COI está lançando um nova campanha de promoção, disse que pretende aproveitar ao máximo o tempo restante na agência intergovernamental. "Estou ansioso para abrir caminho para o futuro do COI com o novo acordo para o benefício da instituição e de seus membros, incluindo possíveis novos membros, graças à nova redação do projeto de acordo ”, afirmou.

Os candidatos ao cargo de diretor executivo devem ser nacionais de um país membro do COI e ser fluentes em pelo menos um dos idiomas oficiais do COI: árabe, inglês, francês, italiano ou espanhol. Cada país membro pode indicar até três candidatos até 1º de outubro de 2015. Um comitê de seleção formado por representantes de cada país membro será formado e assistido por um consultor externo.

Atualmente, os países membros do COI incluem: Albânia, Argélia, Argentina, Egito, União Européia, Irã, Iraque, Israel, Jordânia, Líbano, Líbia, Marrocos, Montenegro, Síria, Tunísia, Turquia e Uruguai.

O aviso de vaga está disponível no Site do COI.

Nenhuma das cinco maiores economias do mundo é membro do COI. Barjol, um ex-profissional da indústria açucareira, fez da filiação aos Estados Unidos um objetivo fundamental de seu mandato, mas os Estados Unidos sustentaram que não têm intenção de ingressar na organização intergovernamental.



Anúncios

Notícias relacionadas

Feedback / sugestões