`Produção da Tunísia cai em relação ao recorde do ano passado - Olive Oil Times

Produção da Tunísia cai do recorde do ano passado

Janeiro 11, 2016
Gaynor Selby

Notícias recentes

O status da Tunísia como o mundo segundo maior produtor de azeite teve vida curta, já que as previsões recentes sinalizam uma queda dramática em relação à safra abundante do ano passado.

O Ministério da Agricultura, Recursos Hídricos e Pescas do país anunciou que haverá aproximadamente 150,000 toneladas de azeite em comparação com a 340,000 toneladas na última temporada.

Em um comunicado no site do ministério, ele disse que 988 usinas estão produzindo atualmente cerca de 30,000 toneladas por dia, em comparação com 1,150 usinas de azeite em operação no mesmo período da temporada passada.

A previsão de produção mais baixa provavelmente elevará o preço do azeite, segundo o ministério.

Os últimos números contrastam fortemente com os níveis de produção da Tunísia na temporada passada, quando o país exportou mais azeite do que qualquer outro país produtor, após uma safra recorde de azeitonas, ultrapassando a Itália e a Espanha.

As exportações dispararam três vezes em relação à produção do ano anterior, com toneladas de azeite da 299,300 fornecidas aos mercados estrangeiros, gerando cerca de bilhões de dinares tunisinos da 1.9.

Na época, as autoridades do setor tunisiano ficaram satisfeitos com a safra abundante, mas previram que os rendimentos de 2015 seriam muito mais baixos porque os pomares normalmente não produzem uma safra tão boa em dois anos consecutivos.




  • Ministério da Agricultura da Tunísia

  • Observatório Nacional da Agricultura de Tunisa

  • Financial Times
  • Anúncios

    Notícias relacionadas

    Feedback / sugestões