Resumos de Notícias

Quase um terço do azeite mundial produzido a partir de Picual

Dezembro 5, 2019
Por Daniel Dawson

Notícias recentes

Quase um terço de todo o azeite produzido globalmente na última meia década veio do Variedade Picual, de acordo com estatísticas compiladas e publicadas pelo analista do setor, Juan Vilar, e sua agência de consultoria.

No total, 30% do azeite produzido nos últimos cinco anos foi produzido a partir de azeitonas Picual. Em segundo lugar, havia outra variedade espanhola, Arbequina, dos quais 10 por cento do azeite do mundo foi produzido no mesmo período.

As estatísticas foram publicadas na quinta edição de Vilar e International Olive Growing: Worldwide Anaylsis and Summary, de Jorge Enrique Pereira, publicado em novembro.

Junto com a análise de quais tipos de azeitonas estão sendo usadas no azeite, os dois autores também investigaram como as azeitonas estão sendo colhidas e prensadas, bem como seu impacto ambiental.

Os dois descobriram que o percentual de azeite de azeitona 61 está sendo produzido a partir de bosques tradicionais, enquanto o 29% vem de olivais de densidade média e o 10% vem de olivais.

Anúncios

Vilar e Enrique Pereira também estimam que cada hectare de oliveiras sequestra cerca de 2.6 toneladas de carbono, em média, a cada ano (o que significa que cada hectare sequestra cerca de 0.95 toneladas de carbono a cada ano).

"O olivicultura internacional sequestra 30 milhões de toneladas de dióxido de carbono, 10% do total de dióxido de carbono que a Espanha gera por ano", escreveram o par no manual.