Conselho de Azeitonas Inaugura Dia Mundial da Azeitona

O Conselho Oleícola Internacional lançou o "Dia Mundial da Azeitona" para celebrar as oliveiras, os seus benefícios para a saúde e as vantagens ambientais.

Sede do COI em Madri (Google Earth)
Dezembro 5, 2016
Por Ylenia Granitto
Sede do COI em Madri (Google Earth)

Notícias recentes

O Conselho Internacional das Oliveiras escolheu 26 de novembro para uma celebração da oliveira, a "símbolo universal de paz e harmonia, que agora se espalhou pelos cinco continentes e contribui para o desenvolvimento econômico e social sustentável e a preservação dos recursos naturais ”, afirmou a organização de Madri.

Entre a 2014 e a 2016, a área de terra plantada com oliveiras aumentou em 10 por cento: de 10 milhões de hectares (24.7M acres) para 11 milhões de hectares (27.1M acres), dos quais mais de 8 milhões de hectares (19.7M acres) são não irrigado.

Foi realizada uma cerimônia na sede do COI, durante a qual o diretor executivo, Abdellatif Ghedira, leia uma declaração oficial sobre a importância das oliveiras, suas benefícios para a saúde e sua relevância ambiental.

Esse também foi o tema de um curta-metragem preparado para o Conferência COP22: 'Azeite, o ouro líquido que ajuda a reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

"Como agente no combate ao aquecimento global, o cultivo da azeitona possui um balanço positivo de carbono, sequestrando mais CO2 em seu ciclo de crescimento do que os gases de efeito estufa emitidos no processo de produção da azeitona virgem e extra virgem ”, observou Ghedira.

Anúncios

"Azeite e azeitonas de mesa "são uma fonte comprovada de nutrição e saúde, ingredientes-chave na Dieta mediterrânea e cada vez mais apreciado pelos chefs mais renomados do mundo. ”

Além disso, "a ação de suas muitas propriedades terapêuticas na prevenção de certas doenças agora é amplamente reconhecida ”, como declarou o COI durante o evento.

A cerimônia incluiu uma homenagem a Shimon Lavee, que ocupou o cargo duas vezes como presidente do COI e contribuiu consideravelmente para as atividades da organização e para o desenvolvimento do setor.

Com a idéia de organizar uma celebração anual, o COI publicou em setembro um convite à apresentação de propostas de doações para cofinanciar a série de eventos simultâneos agendados pelos países membros (os Estados Unidos não são membros do COI).

  • Na Itália, o Dia Mundial da Azeitona foi comemorado em colaboração com a Unaprol, com um dia inteiro de estudos sobre o desenvolvimento dos sistemas de qualidade do azeite e os aspectos econômicos e ambientais dos procedimentos de apelação de origem. O evento coincidiu com o vigésimo aniversário das cinco primeiras Denominações de Origem Protegidas (DOP) para o azeite extra-virgem no nível europeu: Aprutino pescarese, Brisighella, Canino, Collina di Brindisi e Sabina.
  • Na Argélia, a comemoração do WOD 2016 foi inaugurada pelo ministro da Agricultura e incluiu uma demonstração da operação de uma unidade de britagem e uma degustação do azeite produzido, seguido pelas plantações de oliveiras.
  • No Egito, realizou-se um seminário sobre olivicultura, o meio ambiente e os benefícios à saúde dos derivados de oliva, em colaboração com a Universidade de Alexandria.
  • Na Espanha, foi realizado um workshop para estudantes estrangeiros na Universidade de Jaén, incluindo uma palestra sobre azeite, com uma sessão de degustação e demonstrações de culinária.
  • Na Grécia, o Laboratório de Sabor do Azeite de Kalamata organizou sessões de análise sensorial e um seminário sobre os benefícios para a saúde do azeite, padrões de qualidade organolépticos e gerenciamento da qualidade.
  • Em Marrocos, realizou-se em Meknès a quinta edição do Fórum Internacional do Azeite, com uma conferência que destacou o valor da biomassa da oliveira como fonte de energia nova e renovável.
  • Na Tunísia, o evento teve como foco a extensão da área de olivicultura no país e a sustentabilidade do setor. Mil oliveiras foram plantadas em viveiros.
  • Na Turquia, após uma visita a um antigo moinho, os participantes participaram da colheita de oliveiras monumentais e da extração de azeite em uma prensa mantida no Museu do Azeite.
  • Portugal celebrou o Dia Mundial da Azeitona com o presidente da Casa do Azeite, Luís Folque e o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Manuel Capoulas Santos.



Notícias relacionadas