De Charlie Higgins
Olive Oil Times Contribuinte | Reportagem de Buenos Aires

O conglomerado espanhol Grupo SOS, líder mundial em vendas de azeite, começará a 2011 em solidez financeira. Com o sucesso do refinanciamento de mais de um bilhão de euros em dívidas e uma recente injeção de quase 600 milhões em capital, a empresa anunciou um plano estratégico detalhado para distribuir dividendos aos investidores dentro dos próximos dois anos e meio.

A boa notícia começou em novembro, quando o Grupo SOS vendeu seu negócio de arroz para a Ebro Foods por 195 milhões de euros. A empresa também abriu as portas aos acionistas, com uma participação de 9.333% depois de desembolsar alguns euros 47.5. Em janeiro, o ex-diretor executivo da Ebro, Jaime Carbó, se tornará o novo CEO do Grupo SOS em um movimento que solidifica a relação entre os dois gigantes alimentícios.

Em uma recente entrevista à revista de negócios espanhola ExpansiónO atual presidente do Grupo SOS, Mariano Pérez Claver, discutiu a estratégia de negócios da empresa. “A SOS agora tem um futuro claro e um forte potencial de crescimento.” Claver comentou sobre a importância da administração no desenvolvimento do negócio, acrescentando: “O valor da SOS está no negócio.”

O Grupo SOS prometeu pagar dividendos aos investidores por meio da 2013, de acordo com acordos recentes de refinanciamento. No entanto, o retorno real dos acionistas dependerá do nível de endividamento da empresa. “Não podemos distribuir dividendos até que a empresa reduza seu nível de dívida em 300 por cento. Esse é o nosso plano de jogo e esperamos alcançar nosso objetivo nos próximos dois anos e meio ”, anunciou Pérez Claver. O último pagamento de dividendos do Grupo SOS foi realizado em junho 18, 2008 em 0.036 Euros por ação.

Além disso, Pérez Claver explicou que a venda do negócio de arroz à Ebro Foods em novembro permitirá ao Grupo SOS exceder as estimativas da taxa de crescimento inicial. Ele atribui isso ao rápido crescimento do azeite, o maior vendedor da empresa, no mercado internacional, particularmente nos Estados Unidos, no Brasil e na China. Ao investir mais em azeite em vez de arroz, o Grupo SOS deve ser capaz de atingir níveis sustentáveis ​​de dívida.

O Grupo SOS é o segundo maior conglomerado alimentar da Espanha e detém a marca Carbonell, o azeite mais vendido no mundo. Um número de outras marcas líderes de azeite como Carapellia, Bertolli e Sasso também se enquadram no guarda-chuva corporativo da SOS.

.


Mais artigos sobre: , , , ,